Saturday, September 23, 2006

Cicarelli e a politica

Ônibus 856R, Socorro-Lapa.
Aproveitando o Dia Mundial Sem Carro, o candidato do PSDB ao governo de São Paulo, José Serra, pagou R$ 2 de passagem, passou pela catraca e bancou o ilustre passageiro do coletivo.
O tucano subiu no "busão" --gíria tipicamente paulistana-- na av. Brigadeiro Faria Lima e desceu na av.
Pompéia, dois pontos tidos como nobres da cidade.
Mas Socorro e Lapa não são exatamente nobres.
"Da saída até o ponto final são duas horas", lamenta o motorista.
Serra passou quase todo o trajeto conversando com Guilherme Afif Domingos (PFL-SP), seu candidato ao Senado.
Enquanto isso, o resto do coletivo preferia discutir "a bomba da semana": o vídeo que caiu na web em que Daniela Cicarelli transa no mar com Renato Malzoni Filho, o Tato --apelidado de "Homem Berinjela" devido a seus dotes, digamos, generosos. "Dossiêgate"? Foi goleado pela berinjela da vez.
Cenas típicas de coletivo: um homem dorme, quase babando, encostado na janela, de onde se vê um boteco na Teodoro Sampaio chamado Poderosa Drinks. A seu lado, disputando a freguesia, a placa "churrasco grego a R$ 0,99".
"O transporte público era melhor na gestão da Marta [Suplicy]", diz alguém. Quem liga? Cicarelli ofuscou tudo.

No comments: